notas subterrâneas desimportantes

Eu tinha uns 8 anos.  Bastante amigos na escola, uma serelepe, notas altas mas um comportamento um tanto questionável. Eu desci uma escada sentada, conversava mais do que minha idade permitia, tinha um namorado secreto na minha vizinhança, subia em árvores, corria de bicicleta, jogava betes e torturava meu irmão menor.

Eu fiz 9 anos e me mudei. Passei a ser a única menina numa rua que nem dava pra andar de bicicleta, na vila sem asfalto do bairro do meu vô. Descobri muita miopia, muita timidez, muita insegurança. Adolesci de um jeito meio torto, como meus dentes eram tortos, como meu corpo era magricelo e alto, como meu silêncio acabou me levando a ler bastante.

Por vezes fico nessa bipolaridade. No meio caminho entre as duas.

Mas é a mesma menina. Não é?

Anúncios

3 thoughts on “notas subterrâneas desimportantes

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s