bipolaridade, procrastination e casacos

No final do século XIX, Emil Kraepelin descreveu isso tão moderno chamado transtorno bipolar. Antes das grandes guerras, da revolução sexual, do trânsito ou da internet. Muito antes que esse mundo bizarro em que moramos se transformasse nesse mundo bizarro em que moramos. Existe, portanto, a doença mais modinha da atualidade desde antes da existência de laptops e escritores de blog.

*******************

Estou fazendo um livro. Desde 1995 mais ou menos. A procrastinação é uma arte. Tenho medo de: i) não ficar bom; ii) nem bonito; iii) de me expor e iv) de ninguém nunca ler.

********************

Me dedico mesmo ao trabalho. Mas nem nele acredito com toda a fé do mundo.

*******************

Mas, sabe. Estou aqui, diante de mais 400 páginas de Salman Rushdie, feliz porque vai demorar para acabar. É como achar que é domingo no sábado depois de um feriado. Ou encontrar uma nota de 50 reais no casaco de inverno.

Anúncios

One thought on “bipolaridade, procrastination e casacos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s