sinceridade, autobiografia e o novo do otto

Estive pensando esses dias de como essa coisa de arte verdadeira de fato funciona.

Eu sempre ouvi  pessoas grossas dizerem que elas na verdade são sinceras.

Não, não quero saber sua opinião sobre meu vestido, ou sobre o meu cabelo, ou sobre a Índia ou sobre o quanto todo mundo é nojento e limitado, ou sobre o Chico Buarque ou sobre o Palmeiras. Ainda mais se você usa esse tipo de sapato.

Não, não são sinceras.  São apenas grossas ou menos librianas do que precisam. Ou apenas, isso, grossas.

Sinceros são o Salman Rushdie. A Virgínia Woolf, a Hilda Hilst, o Raduan. E o Raduan não deve ter comido a irmã. Mas é tudo absolutamente tão sincero.

Sinceridade não tem nada a ver com realidade.

Tem a ver com profundidade. Com ilusão de perspectiva. Com vários lados.

A sinceridade é 3D.

Eu tenho sentido isso quando escrevo. Falar do que você realmente viu, do que realmente sentiu, mesmo que aquela vergonha da professora da quarta série se transforme numa personalidade psicopata de uma serial killer, ou mesmo que aquele medo de morrer virgem aos 17 anos vire um episódio fabulístico entre uma cigarra, uma adolescente de chapéu vermelho e uma fada.

Não é verdade. É sinceridade.

Por isso acredito a Macabéa, no Bentinho, no Ormus Cama. E até naquele falso Kerouac.

E é por causa da sinceridade que acredito nesse momento que este cara…

… fez um discaço, com músicas lindas e que vêm do bucho do cabra.

(Esse post é pra convencer o broto a me acompanhar nessa aventura arriscada em nome de Iemanjá dia 14)

Anúncios

4 thoughts on “sinceridade, autobiografia e o novo do otto

  1. Guria, sério que vc acha Kerouak um falso ?
    Isso me perturbou, pq eu lí On the road umas 3 vezes sabe…não é o livro da minha vida mas puts. Tou quase começando pela quarta vez. Marquemos um café pra vc me explicar.
    Beijos

    1. Não, não. Amo Kerouac. Eu não acho ele falso, mas o Kerouac que ele escreve, quando parece autobiografar-se, não é o verdadeiro, mas nem por isso menos sincero.

      Capisce?

      Mas o café, obviamente, está de pé…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s