viva a sociedade alternativa

Ontem na Gazeta li uma matéria que sugeria  às empresas em geral que adotassem horários alternativos para seus queridos colaboradores como solução para o trânsito pré-caótico de nossa queria Curitiba.

Gênio.

Claro que isso não vai acontecer. Eu tenho até sorte. Faço um turno de trabalho reduzido, a editora tem um banco de horas que me permite chegar entre 7h e 9h da manhã e geralmente não pego a av. batel entupida de engravatados nos horários de pico.

Mas o fato é que todos temos a mesma vida. Sentimos sono às 6h, quando o despertador toca. Devemos sentir fome entre 12h e 13h30. Devemos estar com o cérebro ativo às 8h, registrar a entrada, sentar à mesa do trabalho. Tomamos muito café em copos plásticos (ou em canecas mais ecológicas).

Todos voltamos para nossas casas às 18h, cansados,  irritados.

Queria uma foto aérea. Seríamos pontos de uma mesma linha forçada.

E a alegria é a prestação do carro 1.6, que vai ser substituído no final do ano.

Mais 36  motivos caros para não mudar a vida.

Anúncios

2 thoughts on “viva a sociedade alternativa

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s