dos bichos

Nunca tivemos bichos por muito tempo em casa. Tive um gato que achava que era gata, que se chamava Madonna (mesmo depois da revelação sexual). Um cachorro vira-lata de nome Quico que vi morrer e ser enterrado no terreno vazio ao lado de casa. Não sofri.

E tive o gato Bóris que fugiu de casa depois que ficou doente.

A relação sempre foi tão rasa que nunca cheguei a ir a veterinários. Mas também a meu favor posso dizer que nunca tinha ido a médicos particulares antes de começar a trabalhar.

Nada disso, contudo, me deixa insensível a bichos. Queria um galgo e meia dúzia de gatos. Só não gosto mesmo do autismo dos peixes.

Mas ainda sou mais empática com as angústias humanas. E não tenho nojo de pessoas.

Anúncios

2 thoughts on “dos bichos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s