de coração

 

 

Texto: Vanessa Rodrigues
Filme: Rodriane DL/ Renata Corrêa / Caroline Biagi / Ana Paula Málaga Carreiro / Alex Rocca
Estrelando: MARCO NOVACK E CAROLINA FAUQUEMONT

 

O cara entrou em casa, a mulher dele estava encostada na pia, sendo comida por trás pelo filho da vizinha da frente. O cara chegou em casa bêbado, a mulher não tinha esperado ele pra jantar. O cara chegou em casa, a mulher não estava, voltou à força da casa da cunhada. A mulher chegou em casa feliz, o cara estava bêbado. Ou os dois discutiram por muitas horas o significado do amor e o que ele representava na sociedade capitalista pós-maio-de-sessenta-e-oito e escreveram um manifesto de quinze páginas com todos os passos que deveriam ser dados durante a performance, instalaram câmeras pela casa inteira, convidaram os amigos mais próximos. O cara chegou em casa, a mulher estava lá. Ela se levantou, pegou um copo de café pra ele. Ela chegou em casa feliz. Ele desconfiou, enfiou a mão na cara dela. O cara chegou em casa e sem motivo nenhum enfiou-lhe a faca. E ela morreu aos poucos, no tempo de ele acordar da vertigem da pinga.
Amor não existe porque é palavra o que existe é a carne. O que existe é a fome.

O cara percebeu que não tinha mais volta, arrancou o coração ainda quente. Levou embrulhado num pano de prato pro bar do Batista, pra ele fritar na manteiga, servir como tira-gosto. Também pediu uma cerveja.

Anúncios

One thought on “de coração

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s