como sobrevivência

Escrevo porque não falo. Até hoje minha mãe guarda cartas cruelíssimas que escrevi com todo o rancor dos nove anos — porque a escrita tem esse inconveniente de permanecer e ser usado contra você quando já se é mil vezes outro.

E me dei conta de não exagero ao dizer que escrevo como sobrevivência, pelo menos para sobreviver mais ou menos sã neste mundo confuso, solitário e excessivo com o qual não dialogo em voz alta.

Mas quando é que a escrita passa de segredo à literatura?

 

Anúncios

3 thoughts on “como sobrevivência

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s