contínuo

Maria Martins ao lado de seu “O impossível”

 

Em um só tempo, entendi os impedimentos, as indefinições e o que seriam passos enroscados por torçuras e me surpreendi por entendê-los. Havia mulheres sem rosto e uma escultura chamada Anunciação.

Quando saí do museu, cada galho de cada árvore distinguiram-se em sua individualidade. Tinha olhos vivos naquela tarde e o mundo pareceu infinito no Ibirapuera. 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s