segredo

Uma mulher que frequentava nossa casa deixou com minha mãe um caderno, desses grandes, cheio de poemas escrito à mão e decorado com recortes. Ela falava de coisas que o marido não podia saber e por isso seu caderno deveria ficar longe de sua casa.

Eu era pequena, mas não o suficiente para deixar de entender a gravidade daquele segredo e a importância daquele caderno.

Eu também queria ter segredos e um caderno bonito e a aventura de ter de escondê-lo.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s