Hilda Hilst (1930-2004)

Eu tinha 16 anos quando li um livro de poemas da Hilda Hilst pela primeira vez. Não entendi nada. Mas isso não impediu que o impacto mudasse minha vida.

2004 foi um ano terrível para mim. E eu ainda não sabia disso quando jantava no restaurante universitário, numa mesa iluminada com o sol das 19h, em silêncio solene, porque naquele dia soube da morte de alguém que eu não conhecia e talvez amasse.

Eu queria ter ido à Casa do Sol. Não teria coragem, eu sei. Não deu tempo.

 

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s