“Matteo perdeu o emprego”

Se pensa com a matemática mas também se enlouquece com ela como no caso de Helsel, que usa a tecnologia e os avanços sensatos para um disparate que é controlar o número vivo de baratas colecionadas em um armazém com a maior seriedade. Também há método na maneira como Glasser carrega sua bateria vital e como Baumann limpa o lixo e recomeça uma narrativa que estava encerrada. O mundo racional é isto: colocar a loucura da vida de todo dia em ordem alfabética como se assim tudo se tornasse limpo e claro e explicável, o mundo encerrado numa enciclopédia regular.

 

Relacionados: Beckett; Kafka; Lisa Bufano.

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s