a cigarra e a formiga

Os ipês permanentes nada dizem do tempo

— uma desconfiança de atraso no relógio da cozinha

A certeza que a terra gira quem me dá são as formigas

que voltaram a povoar os armários dos copos

— Eis a primavera, elas gritam

e por que não as ouço

resolveram dançar.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s